Voltar ao topo.Ver em Libras.
Deputada Federal Caroline De Toni

Ministro Sérgio Moro vai divulgar e disseminar práticas do Complexo Penitenciário de Chapecó#

« Última» Primeira🛈
ImprimirReportar erroTags:diz, existe, atividades, laborais, sérgio, defendeu, disseminação e elogiou352 palavras5 min. para ler
Ministro Sérgio Moro vai divulgar e disseminar práticas do Complexo Penitenciário de ChapecóVer imagem ampliada
A deputada federal Caroline De Toni (PSL-SC) participou da visita do ministro da Justiça e Segurança Pública, Sergio Moro, ao Complexo Penitenciário de Chapecó, na última sexta-feira (7). As boas práticas adotadas pela direção do presídio de Chapecó, em especial na oferta de trabalho aos presos, foram publicadas em nota técnica do Departamento Penitenciário Nacional (Depen).

Durante a visita, o ministro, parlamentares e demais autoridades acompanharam o trabalho dos presos e conheceram os produtos fabricados que vão da produção de eletrodomésticos, colchões, roupa de cama, roupas infantis, vestidos de festa, telas e grades de proteção até a área agrícola, que produz legumes e verduras.

Para a deputada Caroline De Toni, o estado de Santa Catarina tem muito a contribuir com exemplos, não só para o sistema prisional, mas em outras áreas como agricultura e educação. "Temos uma população muito empenhada em ser eficiente, em buscar alternativas para melhorar cada aspecto da sociedade. Podemos construir importantes parcerias para que todo o Brasil seja mais produtivo e competitivo", pontuou a parlamentar catarinense.

Acima da média brasileira que registra 17% dos presos trabalhando, o estado de Santa Catarina tem 31% dos apenados exercendo atividades laborais. O ministro Sérgio Moro defendeu a disseminação do modelo catarinense e elogiou as empresas que participam do sistema. "Claro que existe o aspecto social, de dar oportunidade a pessoas que estão pagando por seus crimes, temos que nos preocupar em dar a eles oportunidades para que quando saírem não voltem a delinquir. Além dessa satisfação de estar contribuindo, os empresários dizem que vale a pena, traz retorno. Se é bom para a empresa, é bom pra nossa economia, é bom para a população em geral", afirmou.

A nota técnica divulgada pelo Depen reforça o trabalho desenvolvido em Santa Catarina como modelo para o sistema prisional do país.

"Considera-se a metodologia laboral para o trabalho de presos praticada pelo estado de Santa Catarina como uma excelente prática e paradigma pois é praticado com uma interpretação orientada pelos princípios da dignidade humana e da eficiência, beneficiando tanto o Estado, como o preso na sua perspectiva de ressocialização ", diz a nota do Depen.


Ver imagem ampliadaVer imagem ampliadaVer imagem ampliadaVer imagem ampliadaVer imagem ampliada
Fonte:--