Obs.: você está visualizando a versão para impressão desta página.
Voltar ao topoVer em Libras

Geral - Essa história está ganhando contornos cada vez mais sinistros.#

  1. Início
  2. 3 anos de mandatoContatoFotosImprensaMuralNovidadesSobre a deputadaTrabalhe conoscoValores e princípiosVídeos
  3. Geral
  4. Geral - Essa história está ganhando contornos cada vez mais sinistros.
« Mais recente🔀
ImprimirReportar erroTags:valério, tivesse, feito, teria, daniel, celso e assassinato155 palavras1 min. para ler
Trechos da delação premiada do Marcos Valério, conhecido por ser o operador do mensalão, foram divulgados na última semana e escancaram fatos graves que merecem a atenção da sociedade brasileira.
Segundo Valério, em 2005, em pleno Governo Lula, ele foi procurado por gente do PT para entregar R$ 6 milhões do "caixa clandestino" ao empresário Ronan Maria Pinto, que chantageava Lula e ameaçava contar detalhes sobre a relação do PT com o PCC e sobre o assassinato de Celso Daniel, ex-prefeito de Santo André - o qual, segundo o próprio delator, teria feito um dossiê sobre financiamento ilegal de petistas à época.

Valério contou que não realizou este pagamento após descobrir que o caso envolvia o assassinato de Celso Daniel. "Se eu não tivesse rastreado tudo isso, e não tivesse chegado a essa conclusão, eu teria feito, gente. Por que que eu não eu não ia fazer? Eu tinha mais de 100 milhões deles na mão", completou Valério.

Este site usa cookies para melhorar a navegação.
Termos legais e privacidadeOpt-out