Obs.: você está visualizando a versão para impressão desta página.
Voltar ao topoVer em Libras
« Mais recente🔀
ImprimirReportar erroTags:médico, prontuário, acesso, poder, tem, vulneráveis e negam119 palavras1 min. para ler
Por meio do PL 3944/2021, de minha autoria, queremos garantir que delegados de polícia e médicos legistas tenham acesso imediato ao prontuário médico de crianças e vulneráveis, quando constatada a suspeita de abuso sexual. Esse acesso ao prontuário permitirá que o médico legista faça a cronologia dos fatos, por meio da elaboração do laudo pericial, documento essencial que será entregue ao delegado para embasar o início das investigações.
O PL se justifica nos casos que vemos noticiados diariamente e em estudos que mostram que mais de 70% dos abusadores estão no seio familiar, e justamente as pessoas que tem poder sobre esses vulneráveis são os mesmos tem o poder sobre o prontuário médico da vítima, e que portanto, negam o acesso.

Este site usa cookies para melhorar a navegação.
Termos legais e privacidadeOpt-out